terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

EXTRA, EXTRA, EXTRA ....
DICA PRECIOSA DE ÚLTIMA HORA


CIRCULAR vai passar daqui a pouquinho, às 22h00 no CANAL BRASIL, no filme do mês. Para quem não pôde ir aos cinemas quando passou, taí uma chance de ver na sua poltrona. Reprise neste sábado, dia 02/03, à meia-noite.

http://canalbrasil.globo.com/programas/selecao-brasileira/materias/circular-e-o-filme-do-mes-de-fevereiro.html
01/02/2013 - 19:44

"Circular" é o filme do mês de fevereiro

O filme mostra histórias que se cruzam dentro de um ônibus. Com Letícia Sabatella e César Trancoso no elenco.

Circular (Foto: divulgação)Cena do filme "Circular". (Foto: divulgação)
O filme nasceu como projeto de cinco diretores de Curitiba – Adriano Esturilho, Aly Muritiba, Bruno de Oliveira, Diego Florentino e Fábio Allon – que elaboraram de forma colaborativa o argumento e desenvolveram, separadamente, os episódios.

As narrativas giram em torno de relações familiares conflituosas e de sensações de incômodo diante do mundo. No elenco, estão Letícia Sabatella, César Trancoso, Santos Chagas, Marcel Szymanski e Bruno Ranzani.

Milhares de passageiros embarcam todos os dias nos transportes coletivos nas mais variadas metrópoles. São anônimos seguindo seus destinos, carregando na bagagem os conflitos pessoais, os planos para o futuro, os sonhos e os ideais.

O cenário das ruas curitibanas e um ônibus que circula pela cidade são pano de fundo para o retrato da história de cinco diferentes personagens.

Carlos (César Trancoso) é um uruguaio que corre contra o tempo para saldar uma antiga dívida e evitar uma tragédia envolvendo o sequestro de seu filho. Samuel (Marcel Szymanski), um policial evangélico com problemas familiares, luta para sustentar a filha e esquecer a ex-mulher. A banda de punk rock Gengivas Podres está prestes a embarcar rumo a São Paulo, deixando para trás seu fundador e temendo perder o radicalismo do qual se orgulha.

Cristina (Letícia Sabatella) é uma professora e artista plástica viciada em remédios e crítica da indústria farmacêutica, cujas obras são feitas com cápsulas de medicamentos.

E, finalmente, Lourival (Santos Chagas) é um cobrador de ônibus que luta boxe clandestinamente e tem dificuldades de relacionamento com o filho, portador de deficiência motora. Todos se cruzam dentro de um ônibus da linha circular, num momento-chave e crucial para suas vidas.

A produção propõe uma reflexão sobre a variedade de situações que podem acontecer num único dia. Em 24 horas, alguns lutam pela fuga da rotina tediosa de cada jornada; outros se dopam para aguentar a dor das horas lentas das madrugadas mal dormidas; há ainda os que correm com o intuito de salvar alguém e os que aproveitam cada segundo inconsequentemente.

Terça, dia 26/02, às 22h e sábado, dia 02/03, à meia-noite.