segunda-feira, 3 de junho de 2013

Senta que lá vem a história - Prosopopeia da Segunda-feira: Histeria coletiva ou Fuga do inevitável?

Senta que lá vem a história 
Boa leitura aos corajosos e dispostos.
Uma maravilhosa semana repleta de tudo que há para vir.
Estaremos aqui enfrentando e nos ajudando... Muito obrigada de coração!!!

Prosopopeia da Segunda-feira: Histeria coletiva ou Fuga do inevitável?
Analisando superficialmente percebemos várias ações e reações na mídia social e meios sociais sobre esse fato ou fardo. Correto?
Não há um padrão definitivo e cada final de domingo apresenta uma percepção ao início da “Prosopopeia da Segunda-feira”. Descrevendo cruamente há dois formatos simples em destaque os "Positivos e Felizes e os Negativistas e Infelizes".
Esta visão escolhida e defendida é imparcial, contudo é interessante ressaltar e analisar o subterfúgio encontrado na proposta. Os quais podem vir a calhar e serem aplicáveis na conduta ou postura escolhida, refletindo de fato no enfrentamento de cada nova segunda-feira.

Os Positivos e Felizes, geralmente são pessoas em boa fase e que conquistaram situações que agradam suas vidas e satisfazem suas necessidades de busca vendo na segunda-feira um novo recomeço ou a chance de continuar um belo caminho energizado de luz.
Também há os “guerreiros” que podem não ter nada citado à cima, porém detém de uma poderosa força chamada “Esperança”. Há motivação interna maior?
Existem os "provedores" (workaholics) não permitem fraquejar e adotam essa postura muitas vezes acelerada e indolor aonde colocam cada situação de tal forma que é ou é. Então, não é permitido analisar, sentir ou fraquejar fazem mais pelos dependentes e rejeitam, imensamente, assumir qualquer fraqueza. Isolando seu querer ou sinais interiores.
É valido lembrar os “falsos felizes” expõe uma positividade e felicidade contagiante e em segredo estão apáticos e sem coragem de assumir tal fardo. Vivem em um meio tão exigente e frenético que jamais admitiram tal sacrilégio.

Os Negativistas e Infelizes, nem sempre são tão infelizes quanto aparentam. Muitas vezes vão com a massa e assumem mais rapidamente sua preguiça em deixar uma rotina e partir para outra, uma maneira humorada e descontraída de contrariar a rotina.
Preste atenção quando o desconforto é advindo de uma “insatisfação crônica” com sua vida, trabalho, frenesi diário ou medo de sair de onde se sente protegido ( casa, amores, bares...) e percebem o retorno como voltar para “Guerra dos Gigantes” e não se sentem preparados para lutar e enfrentar tal fardo. Pode ser uma crise saudável e passageira acentuada por uma debilidade de saúde, coração doido, financeiramente enlouquecido ou tudo junto. (Mais ou menos um efeito eca cacaca).
O agravante aqui é que esse sentimento torna-se continuo e forte como algo que está além do controle. Dominado pela ausência em não querer ver e vai pouco a pouco massificando certa angustia e medo em mudar. Desconsidera enfrentar e sair da zona de conforto e cada vez mais sem vitalidade e coragem vai ficando e aprendendo a conviver com essa efêmera e afável insatisfação.
Somos Imperfeitamente humanos compostos por dilemas que estimulam nossos sentidos sensoriais e sustentam nossa vitalidade e astúcia. Vitais e saudáveis para encontrar um equilíbrio.
Aceitar e perceber os sinais de apatia e limitação que não sai do peito e da alma sendo esse um quadro crônico sem variações. É o ato mais corajoso e positivo de tudo falado aqui. Não há pulso, não há frenesi... Não há por quê? Ajude ou peça ajuda, mas não se acomode!
Se a fase ta boa continue a nadar... Busque desafios haja com emoção, estratégia e alegria. Aproveite imensamente essa dádiva que é uma conquista exclusivamente sua. São suas escolhas, determinações e aplicabilidades de tudo aprendido que proporcionou esse bem estar.
Avaliar esta Prosopopeia de Segunda-feira com mais cuidado e carinho é um direito pouco explorado e essas mensagens são percebidas única e exclusivamente por cada coração.
São tantas informações que lidamos e recebemos virtual ou pessoalmente que às vezes pode estar sendo influenciado por ações, que mesmo sem intenção, são negativas e vão minando inconscientemente sua força. E isso não é bacana porque toda energia boa deve ser apreciada, amada e cuidada ela alimenta nossa alma e revitaliza para continuar de forma pulsante e equilibrada.
Então resumindo xô zica ... Para que propagar algo que não faz bem? Mesmo apresentado com humor. Pense em quanto esse ou aquele fato afetará sua vida e seu entorno nos próximos 10 minutos? Briga de trânsito, brigas banais, clientes insuportáveis, colegas negativos, pessoas com síndrome de vitima... Desapega e não leva! Proteja-se respira e cuida da sua energia para acolher você e os seus e numa ação em cadeia todos os nossos conhecidos ou não.
Repense sempre se sua felicidade e positividade são realmente reais? Ou se está apenas suportando e da mesma forma deixando de ser o que propõe somente para agradar aos outros ou ser politicamente correto. Aceite seu limite! Insisto na tecla da ajuda e assuma que o estado de infelicidade e saco cheio é tão importante quanto ao contrário. Aprendemos muito com ele. Permita-se sentir independente de qual for sua escolha semanal. E caso essa escolha seja sempre a mesma pode ser um alerta para repensar como anda enfrentando a tal Prosopopeia da Segunda-feira!
Sem mais delongas, não aprendi escrever ou explicar com poucas palavras, perdão. Deixo claro que não tenho intuito de tabular nada. Na verdade sou bem avessa a tal ação. Escrevo isto embasada na minha trajetória bem como visão e percepção sobre minhas superações, fraquezas e sentimentos. Como já citei é uma variável e precisamos sentir todas essas descrições e muito mais pulsando e indagando dia a dia ou a cada domingo.
Ótima semana com forças ou sem forças. Repleta de esperança e motivos para arriscar e mudar o que achar valido. De coração um forte abraço e Namastê!!!
Patricia Ulmann
02/06/2013 23:48