segunda-feira, 22 de abril de 2013

“DIA DA TERRA“ - Resposta da Terra traduzida por Augusto dos Anjos


“DIA DA TERRA“

O Dia da Terra 2013 - Dia Internacional da Mãe Terra - é uma data criada para marcar a responsabilidade coletiva para promover a harmonia com a natureza e a Terra e alcançar um balanço entre economia, sociedade e ambiente. (Fonte Terra)

Avaliando nossa real consideração com o "fato" será qual seria a resposta da Mãe Terra?
Obrigada?
Visando impactar e chamar a devida atenção ao tema segue esse poema.
Uma forma de representação como uma possível resposta.
 Quem sabe se ela pudesse verbalizar não seria assim?
Pense nisso

SOLITÁRIO

Como um fantasma que se refugia
 
Na solidão da natureza morta,
 
Por trás dos ermos túmulos, um dia,
 
Eu fui refugiar-me à tua porta!

Fazia frio e o frio que fazia
Não era esse que a carne nos conforta...
Cortava assim como em carniçaria
O aço das facas incisivas corta!

Mas tu não vieste ver minha Desgraça!
E eu saí, como quem tudo repele,
 

-- Velho caixão a carregar destroços --

Levando apenas na tumba carcaça
O pergaminho singular da pele
E o chocalho fatídico dos ossos!

Augusto dos Anjos