domingo, 14 de julho de 2013

Eu aceito perceber, mudar e caminhar de acordo com minhas sensações e que venham inspirações.



Há uma mulher na noite, 
Mas há também uma noite nesta mulher. 
Uma noite que se transforma em dia, amanhecer e entardecer... 

As horas e o tempo se confundem em uma atecnia do saber. 
Assim folheando meus sentimentos, admirações, medos e esperança. 

Sem entender em qual tempo estou e sim quero perceber esse novo mundo que expõe suas entranhas. Analiso assustada e essência excitada encorajada em olhar e ver. 
Perceber no outro as belezas e desafio que não percebia aqui. 

A cada espaço temporal entre dia e noite percebo sensações distintas e admiro imensamente meus próximos, mesmo distantes. 

Sigo uma linha que não há limite bem como fim apenas definida por palavras advindas do meu coração, alma, essência e muitas vibrações. 

Eu aceito perceber, mudar e caminhar de acordo com minhas sensações e que venham inspirações. 

Dedicado Carlos Moraes 


Patricia Ulmann