sexta-feira, 3 de maio de 2013

Tendência comportamental ou opinião pontual? “O ser cada vez mais intimista”


Tendência comportamental ou opinião pontual? “O ser cada vez mais intimista”



Uma nova proposta de tendência social ou um traço de personalidade. Intimista pode ser definido como algo que é íntimo, pessoal ou privado. Desapegar de excessos. Viver com menos.

Estimulado por vivências, experiências e reações conseqüentes dessa nova proposta de mundo globalizado e extremamente rápido. Onde tudo é mutável a todo instante. A base conceitual se manifesta na simplicidade associada ao minimalismo, viver apenas com o essencial. Desejar menos. Recomeçar! Apostando em uma  filosofia que rompe com conceitos pré definidos de estilo de vida.

Uma postura que o corpo e alma adotam para expressar a necessidade de mudar. Considerando como algo comportamental essa tendência não é efêmera, nasce de uma inevitável constante e será distendida por um longo processo até tornar esse sentimento espontâneo e inato. Essa proposta suspira por um ambiente tranquilo, aconchegante ou ovacionado por afeição e amizade. Oriundo e singelo e ao mesmo tempo forma um isolamento com os seus podendo  bloquear certa expansão.

Para muitos transparece como sendo um estrangeiro do mundo onde uma a característica marcante é não pertence a nenhum lugar. Existe sim um engajamento social aqui é uma consideração do organismo em seu olhar ao externo. Uma explanação intrapessoal e não entrando no eixo com o externo.

Procura a transparência de um ambiente nas relações pessoais e forma de viver. Tranquilo e calmo.  Uma apresentação na arte em viver como poesia que revela sentimentos numa coloração oculta e confidencial as imposições da alma. 

Pense nisso e escolha sua resposta.
Gentilmente, deixe sua opinião sobre o tema apresentado.

Namastê!!!

Patricia Ulmann - 03.05.2013 - 00:08